sábado, 25 de novembro de 2017

PALAVRA DO COMANDANTE

 
Brasília, DF, 24 de novembro de 2017.
    Caros amigos da Reserva pró-Ativa,

   Em 19 de novembro, celebramos o Dia da Bandeira. Símbolo maior de nossa Pátria, representa em suas cores e formas as riquezas e características do Brasil. Adquiriu os contornos atuais com a Proclamação da República Federativa do Brasil, em novembro de 1889. O dever cívico de honrá-la deve estar no coração de cada um de nós brasileiros, como afirmação de nossa soberania e independência, alimentando sonhos e esperanças. Que a "Ordem e Progresso", da faixa central do Pavilhão Nacional, seja o destino do nosso país continente.

    No dia 21, assinei, em meu Gabinete, junto com a Ministra Carmen Lúcia Antunes, presidente do Supremo Tribunal Federal, um "Acordo de Cooperação Técnica" entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Exército Brasileiro (EB). Esse acordo tem por objetivo concentrar esforços para a destruição de armas de fogo e munições apreendidas, que estejam sob a guarda do poder judiciário e sejam consideradas desnecessárias à continuidade e instrução dos processos.

    O reaproveitamento dessas armas encontra obstáculos em suas condições precárias de conservação, comprometendo a segurança do seu uso, e em função de situações logísticas desfavoráveis, gerando gastos adicionais excessivos, com pouco benefício/resultado prático. Dessa forma, opta-se pela sua destruição. Cumpre destacar que, ao longo do corrente ano, até outubro, foram destruídas cerca de 170 mil armas pelo EB, em todo o país, contribuindo para a não proliferação de armamento ilegal.

    No dia 24, celebramos o dia do Quadro Auxiliar de Oficiais (QAO) em homenagem à data natalícia de seu Patrono, o Tenente Antônio João, que após assentar praça como soldado, ascendeu com louvor ao posto de 2º Tenente, em função de seu desempenho profissional, seus valores e sua dedicação à instituição. Antônio João protagonizou feito heróico na Guerra da Tríplice Aliança como chefe da colônia militar de Dourados, ao liderar seus subordinados, em notável inferioridade numérica, contra a invasão do Exército do Paraguai. Perdeu a vida nesse episódio, dando à Pátria seu bem mais precioso.

    Nos dias atuais, os membros do QAO são integrantes fundamentais da Instituição, quer pelas atividades que desempenham, quer pelo exemplo de dedicação demonstrado aos integrantes mais jovens e que iniciam sua carreira. O profissionalismo, o respeito aos valores e as qualidades pessoais evidenciados por esses militares remontam às glórias obtidas pelo patrono do quadro, exemplo de heroísmo e de conduta para todos os militares integrantes do Exército Brasileiro até os dias atuais. Nossos sinceros cumprimentos aos Oficias do QAO.


    Um forte abraço Verde-Oliva!


Gen Ex Villas Bôas
Comandante do Exército

Nenhum comentário:

Postar um comentário